Diego Souza releva críticas da torcida do Sport, mas pede apoio no domingo

0
5

Os resultados ruins do Sport no
início desta temporada fizeram com que a relação entre o time e a torcida, que
era de lua de mel no ano passado, caísse em desgraça. As atuações abaixo da
média fizeram com que a pressão na Ilha do Retiro aumentasse e jogadores
passassem a ser vaiados. Nas redes sociais, as críticas aos diretores do clube
são constantes. Enquanto tudo isso acontece, os atletas tentam trabalhar sem
deixar que os fatores externos interfiram na preparação para as partidas.

O armador Diego Souza, por exemplo,
tenta relevar a impaciência do rubro-negro. Mesmo sabendo que a pressão será
grande no domingo, contra o Botafogo, o camisa 87 espera que a Ilha do Retiro
receba um bom público.

– O torcedor é de extrema
importância. Eles fizeram a diferença no ano passado. Mesmo impacientes, eles
têm que comparecer. Prefiro assim. Nem que no final tenham que cobrar, mas encham
a Ilha e façam a parte deles, para juntos conseguirmos a vitória.

Diego é um dos remanescentes do
elenco do ano passado – apesar de ter saído para o Fluminense e voltado três
meses depois – e parece compreender bem os motivos que o torcedor tem encontrado
para protestar. 

– O nosso torcedor viu o Sport jogar
de igual para igual com todo mundo no ano passado e está no direito. Fizemos as
melhores partidas do campeonato e agora eles esperavam algo semelhante, ou
melhor. O papel deles é esse (cobrar) e o nosso é trabalhar. Tenho certeza de que
o time vai melhorar.

Sport e Botafogo se enfrentam às
18h30 deste domingo, na Ilha do Retiro, pela segunda rodada da Série A do
Campeonato Brasileiro. Sem poder contar com Rithely (suspenso), o Leão entra em
campo com Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Serginho, Gabriel
Xavier, Diego Souza, Mark González e Reinaldo Lenis; Vinícius Araújo.

Fonte GloboEsporte

SEM COMENTÁRIOS